Não satisfeita com a resposta do MEC, a ANPG convoca os pós-graduandos para se organizarem em um protesto virtual via twitter e facebook, alertando as autoridades responsáveis pela regularização dos pagamentos.

Durante todo o dia nove de janeiro (09/01) os Pós-graduandos podem fazer postagens com a hashtag #CadeMinhaBolsa e vincular os perfis da Presidenta Dilma Roussef (@dilmabr), do Ministro da Educação Cid Gomes (@cidfgomes) e do Ministro da Fazenda Joaquim Levy (@JOAQUIMLEVY).

Sugere-se a utilização de frases relacionadas à Campanha por Mais Direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos, como “Valorização das Bolsas”, “Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores” e “Por mais direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos”.

Quem estiver com as bolsas em atraso pode enviar seus dados (Nome completo, Universidade, Programa de Pós-Graduação, email, telefone, modalidade da bolsa e parcelas atrasadas) para o email [email protected] A ANPG irá compilar a lista de quem estiver com problema e apresentar ao Ministério para pressionar pelo pagamento.

Leia mais em:
ANPG cobra CAPES sobre atraso nas bolsas
MEC justifica atraso das bolsas para ANPG

115 Comments

  1. Vinicius Rossa Reply

    Não recebi a bolsa referente a dez/2014 assim como todos os bolsistas da CAPES. Doutorado/UFRJ

  2. Maria Cecília Pereira Reply

    Bolsa de mestrado CAPES
    Atrasado janeiro de 2015

  3. Soraya Santos Reply

    #Cademinhabolsa# valorização das bolsa???? E minhas contas comi ficam??? Terá reajuste??? Que palhaçada é essa???

  4. Mariana Del Rosso de Melo Reply

    Faço doutorado pela UNIFESP – SP.
    Não recebi o mês de janeiro.

  5. Soraya Santos Reply

    Valorização das bolsas??? #Cadêaminhabolsa#?? E minhas contas como ficam?? Terá reajuste?? Que palhaçada é essa???

  6. Paula Morena de Souza Guimarães Reply

    Prezado (a),
    Sou bolsista de mestrado no Programa de Pós Graduação da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde (PPG-CCD/SES). Desenvolvo meu projeto de pesquisa no laboratório de Retrovírus do Instituto Adolfo Lutz – SP. O telefone é 3068-2983/3068-2982. Não recebi a parcela referente ao mês de Janeiro/2015.
    Desde já agradeço a atenção. Esperamos que esse problema possa ser solucionado o mais breve possível.
    Paula

  7. A ANPG deve é entrar com ação na esfera jurídica para garantir os direitos dos pós-graduandos!

  8. Messias de Oliveira Sales Reply

    Além da bolsa, gostaria de esclarecimentos sobre a previsão de pagamento da bolsa. Se isso tende a se repetir…? São questões que o MEC precisa deixar claro para os estudantes pesquisadores, a final nós dependemos dessa bolsa, já que o contrato na maior parte das modalidades de bolsa exige dedicação exclusiva.

  9. bolsa atrasada
    Nome: Allan Henrique Depieri Cataneo
    Telefone: 4396280528
    Bolsa CAPES mestrado
    Atrasado o pagamento referente a dezembro

  10. Alex Freitas Reply

    Alex da Silva de Freitas
    Universidade Federal Fluminense
    Programade Pós-graduação em Dinâmica dos Oceanos e da Terra
    Bolsa de doutorado – atraso Jan/2015

  11. Alexandre Luis de Oliveira Reply

    Bolsista capes doutorado História da PUCRS com dedicação exclusiva. Bolsa de janeiro em atraso.

  12. Igor Alves da Silva Reply

    Venho por meio deste protestar o não recebimento da bolsa capes.

  13. Eduardo Sakai Reply

    Não recebi a bolsa referente ao mês de dezembro. Aguardo a solução do problema.
    #CadeMinhaBolsa @dilmabr @cidfgomes

  14. #CadeMinhaBolsa.
    “Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores”.

  15. Monique Mendes Silva Batista Reply

    Tenho vergonha de ser cidadã deste país. Abrimos mão de tantas coisas em prol da educação e agora não temos nem como sobreviver. Estou indignada com esse total descaso com os pós-graduandos do Brasil!

  16. Marta Dile Reply

    Estou se bolsa da Capes desde dezembro. Como pode isso?

  17. Tamiris Pereira da Silva Reply

    Nome: Tamiris Pereira da Silva
    Universidade Federal do Ceará
    Programa de Pós Graduação em Agronomia/Fitotecnia
    [email protected]
    88-96408062 / 88-35118047
    Modalidade: Mestrado
    Atraso: Dezembro

  18. Alberto Fernandes de Oliveira Junior Reply

    “Valorização das Bolsas”, “Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores” e “Por mais direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos”.

  19. MARIANA FERNEDA DOSSIN Reply

    Apoiando a Campanha por Mais Direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos.
    “Pela valorização das Bolsas, da Ciência e dos Pesquisadores”
    ‪#‎CadeMinhaBolsa‬ @dilmabr @cidfgomes @JOAQUIMLEVY

  20. Elaine de Carvalho Silva Reply

    Falta de respeito com pesquisadores, com a humanidade e com o planeta! A ganância de uma minoria que deixarão a ignorância destruir a si próprios inclusive!!!

  21. Pós-graduando Reply

    Até entendo a motivação para um protesto virtual, embora discorde totalmente do efeito que se espera dele.
    Acho que a ANPG faria mais pelo pós-graduando se, ao invés de promover este protesto, mplementasse em seu site um cadastro de pessoas lesadas, a princípio apenas financeiramente, pelo atraso do pagamento da bolsa CAPES, e exigisse do MEC nos meses subseqüentes uma retratação financeira para estas pessoas, proporcional ao atraso mencionado.
    Vou além e sugiro uma taxa de juros de 10% a.m. para esta retratação. Pelo menos é isso o que vou ter de pagar ao banco pelo uso forçado do meu cheque especial para honrar minhas contas.

  22. Joseline Caramelo Afonso Reply

    Única fonte de renda. Dependemos da bolsa!!!
    Pedem dedicação exclusiva aos estudos, que nossos estudos sejam o nosso compromisso… mas cadê o compromisso por parte deles em pagar o que nos é merecido. Não é porque é férias que paramos. Continuamos nossas pesquisas, escrevemos trabalhos, e cumprimos com a nossa parte inclusive em janeiro. Está na hora de todos cumprirem com o que está estipulado em nossos contratos!
    #CadeMinhaBolsa

  23. Se querem fazer um protesto, recomendo que todos entreguem em branco os relatórios do coleta capes.

  24. Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores e Por mais direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos.

  25. Lívia Carvalho Santos Reply

    Gostaria de um posicionamento sobre os pagamentos da CAPES. Cumprimos nossa obrigação e dependemos da bolsa.

  26. Adijailton Reply

    Está caótica a situação de atraso de nossas bolsas. Daí é algo a perguntar-se: Será que também está atrasado o salário dos deputados ou senadores? Acho que esses nunca atrasam. No entanto, as bolsas dos pós-graduandos brasileiros, sabe-se lá quando serão pagas.
    A gente estuda, correr atrás de um futuro melhor, saí casa, fica longe da família (estou a 3000 km de casa), e se ver em situação tão lamentável feito essas. As contas atrasadas, se alimentando mal, enfim, passando por situação de precariedade mesmo. E esse governo nada faz.

  27. Elaine de carvalho Silva Reply

    Falta de respeito com pesquisadores, com a evolução da humanidade e com seus filhos e netos… por causa da GANÂNCIA e da IGNORÂNCIA, as quais acabarão por destruir as próprias pessoas que as tem num futuro breve!!
    QUANDO ESSE GOVERNO RIDÍCULO VAI VALORIZAR A EDUCAÇÃO E AS PESQUISAS??!

  28. ALAN GUSTAVO SILVA DE AQUINO Reply

    A situação é assustadora! Sem os recursos da bolsa muitos estudantes como eu que moram em outra cidade pra estudar não podem se sustentar. Dessa maneira a pesquisa do país sofre um entrave. A ideia de cortar gastos no governo pode até ter uma boa intenção futura, entretanto cortar gastos da Educação chega a ser uma covardia, afinal, não se pode cortar de setores que já recebem pouco investimento do governo.

  29. Cassiano Ricardo Dezotti de Abreu Reply

    Prezados Senhores,
    Gostaria de saber o motivo pelo qual, minha Bolsa de mestrado ainda não foi depositada em conta.Sou tetraplégico e dependo da verba para custear o deslocamento de táxi até o campo de observação.
    Solicito, com urgência,o depósito da Bolsa.
    Atenciosamente,
    Cassiano Ricardo
    Mestrando em Saúde Coletiva/PPGSC/IESC/UFRJ

  30. nathalia Duarte Braz Vieira Reply

    Estou com a bolsa de janeiro atrasada!

  31. Adriana Cristina Wenceslau Reply

    Preciso de minha bolsa. Tenho contas para pagar.Assim como meus colegas. Se educação é prioridade cadê nosso salário.

  32. Yara Sbrolin Roldao Reply

    #cademinhabolsa
    minha bolsa e meu salario uma vez que a propria capes nos proibe de possuir vinculo empregaticio, entao honrem com o compromisso!

  33. Érika Martins de Figueiredo Reply

    Prezados… Não recebi a bolsa referente ao mês de dezembro (Janeiro). Sou totalmente dependente da bolsa. Moro em outra cidade. Minhas contas básicas já venceram e infelizmente não tenho dinheiro para arcar com estas dívidas… Sempre paguei minhas contas em dia, agora estou tendo que passar por este constrangimento de ter que dever na praça. Humilhante esta situação. Meus pais não tem condição financeira para me ajudar… Cumpro com todas as minhas obrigações relacionadas ao programa… Tenho o direito de receber a bolsa.

  34. Francisca de Fátima do nascimento silva Reply

    Um absurdo dar um voto de confiança a uma presidente que assume um compromisso com um país e na primeira oportunidade atingi a educação. Educação do nosso país já é precária e ainda piora.
    #CadeMinhaBolsa

  35. Juliana de Andrade Santiago Reply

    Doutorado, bolsista Capes- pagamento de janeiro em atraso

  36. Luciana M Motta Raiz Reply

    #cademinhabolsa? Doutorado em Promacai de Saúde UNIFRAN

  37. Vanessa Zamboni Reply

    Estou escrevendo minha tese que deve ser entregue até o meio do ano. Estou com meu marido na Escócia (ele é bolsista Capes de doutorado pleno no exterior) e estamos apreensivos, para dizer o mínimo, pois minha bolsa de janeiro não foi paga ainda e todo o nosso planejamento para vir foi contando com ela. Se atrasar dois meses, como temos visto casos, a gente atrasa as teses para poder trabalhar e se manter em libras esterlinas, o que não é nada fácil. É duro ter que estar na corda bamba, em outro país e se sujeitar a subempregos para poder ter uma “formação de qualidade”. Cadê minha bolsa?

  38. Luciana M Motta Raiz Reply

    #cademinhabolsa? Doutorado em Promocao de Saúde UNIFRAN

  39. Pela valorização do pesquisador brasileiro!! #cademinhabolsa

  40. Flavia Karine Rigo Reply

    Já era um absurdo não termos 13 salário, ferias e valorização, mas atraso na bolsa é um caos!

  41. Bruno Carabelli Reply

    Meu nome é Bruno Carabelli,tenho bolsa de doutorado (CAPES) pelo programa de pos-graduaçao em Fisiologia pela Universidade Federal do Paraná, com parcela atrasada deste mês (Janeiro).
    E-mail:[email protected]
    telefone: (41) 99502029

  42. Silene Jacinto da Silva Reply

    Silene Jacinto da Silva
    UNIVERSIDADE Federal de Goiás
    Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde
    [email protected]
    Fone:6291546119
    Bolsa Capes- Doutorado
    1parcela atrasada

  43. Aline Oliveira e Silva Reply

    A bolsa de maior dignidade do país e desconsiderada importante… Brasil: onde não há dinheiro para pagar míseras bolsas a estudantes de pesquisa. Mas há dinheiro de sobra pra reajustar salários de governadores, vice e deputados..

  44. Fabiana Lacerda Evaristo Reply

    Dedicação Total a Pós-Graduação.
    Não pode ter vínculo empregatício.
    E Como que fazemos para se manter?
    Valorização das Bolsas, Já! #cadêaminhabolsa?
    @dilmabr @cidfgomes @joaquimlevy

  45. Luiza Minato Sagrillo Reply

    Universidade Federal de Santa Maria.
    Pó grama de Pós graduação em Distúrbios da Comunicação Humana.
    Bolsa de mestrado CAPES.
    Email pra contato [email protected]
    Fone (55) 91742107 / (55) 33121310
    Parcela de janeiro atrasada.

  46. Andria Angelica Conte Reply

    Este e o pais que valoriza a educacao!Deaneira excusa e repentina,deixa seus pesquisadores sem recebimento da bolsa de estudo e nao se manifesta de forma decente e transparente para dar satisfacoes e resolver o problema.

  47. Bruna kulik hassan Reply

    Estou sem receber ate hoje! Dia 9 de janeiro. Para sstudar a gente faz varias concessões como abrir mao de trabalho e emprego e se submeter a viver com uma bolsa de valor defasado, pouco acima do salario minimo, e agora isso?

  48. É deprimente ter que passar por isso. Não basta a desvalorização que os pós graduandos estão sujeitos, ainda ficamos sem pagamento!!!
    Valorização das bolsas; Pela valorização da ciência e dos pesquisadores! #cademinhabolsa @dilmabr @cidfgomes @joaquimlevy

  49. Mayra Andrade Reply

    Que seja resolvida a questão sobre o atraso do pagamento da bolsa Capes.

  50. Renata Cristina Mendes Ferreira Reply

    Olá, estou sem receber a bolsa desse mês de janeiro. Sou aluna de doutorado da UFMG, do programa de Ciências Biológicas, Fisiologia e Farmacologia.
    Meu telefone é: (31)9192-3436/3491-9161.

  51. Rafael F. dos Santos Reply

    Sou mais um estudante, pós graduando, mestrando e sem bolsa. Independente da justificativa do MEC, no final das contas o que importa é o valor sendo pago na data correta e depois sim, discussão sobre melhorias, assistência estudantil pois nessa hora tiraremos dinheiro de onde ?! Da caixa mágica do David Couperfield ?!

  52. Mariana de Rezende Bonesio Reply

    Bolsa de mestrado do mês de janeiro de 2015 atrasada!!!!

  53. O protesto não pode ser apenas virtual, tem que ser real, no dia-dia. So existe ciência no pais gracas aos nossos pesquisadores.Eles ja não recebem nem um quinto do que merecem em termos de salario, ainda assim, sao submetidos a essa humilhação, a esse descaso para com a educação brasileira! Cade o investimento na educação que a presidenta Dilma tanto alardeou no período eleitoral? Se não tiver bolsa,a pesquisa tem que parar, tem que ter greve por parte dos estudantes!Quando a ciência sera prioridade nesse pais? Chega dessa depreciação moral e educacional.

  54. pessoal, vcs já consideraram a possibilidade de entrar com uma ação através do MP ou da Defensoria? Talvez fosse viável uma Ação Civil Pública. Acho que vale a pena ir atrás. Abraço!

  55. Patricia de Souza Santos Reply

    Sou aluna de doutorado pelo Programa de Pós-Graduação da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Por enquanto não recebi a minha bolsa deste mês de janeiro/2015. Além de estarmos com o valor de bolsa defasado, pois não temos reajuste desde 2013, agora somos surpreendidos com o atraso do pagamento. Se não fosse os esforços de nós alunos de iniciação, mestrado e doutorado, o ranking de publicações de nosso Brasil não ocuparia o 14º lugar no ranking mundial de pesquisas científicas em 2013 (fonte: Agencia Brasil -Empresa Brasil de Comunicação).
    “Valorização das Bolsas”, “Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores” e “Por mais direitos para as Pós-Graduandas e os Pós-Graduandos”!!!

  56. Lívia Sudare de Oliveira Reply

    Sinceramente a falta de consideração e respeito com que temos sido tratados atingiu o seu ápice com esses atrasos. Temos nossas pesquisas para cuidar, índices de produtividade para manter, trabalhamos como qualquer outro trabalhador. No entanto, não temos direitos como todos os outros. Não temos 13 ou férias, e então chega no mês em que as contas duplicam por conta de iptu, ipva e outros impostos e ainda temos nossas bolsas atrasadas? Como continuar assim?

  57. Patricia Rodrigues Sanine Reply

    Pela valorização da Ciência e dos Pesquisadores!
    #CadeMinhaBolsa

  58. Ricardo Rafael Ribeiro da Silva Reply

    A esta altura imagino já não ser mais necessário nenhum tipo de comentário. Um governo que corta gastos começando pela educação. Merece na verdade aplausos.

  59. Imagine um governo que tem como lema …Pátria Educadora….não honra seus compromissos com a formação de mestres e doutores…que tem como ministro da educação um cara arrogante e como ministro da ciência e tecnologia um jornalista sem noção da pasta…É DE LASCAR O COCO….

  60. Ana Cláudia Rodrigues Reply

    Uma pouca vergonha. Falta de consideração com os estudantes de pós, dependemos dessa bolsa pra poder sobreviver. Então esse mês vamos ter que viver de vento???

  61. William Hanke Reply

    Atraso nas bolsas, será que não trabalhamos? Para receber essas bolsas nos fomos selecionados por vários critérios e um deles são os trabalhos que constam em nosso lattes! Será que posso atrasar a entrega da minha dissertação também? Não, tenho prazos e preciso pagar minhas contas por favor tenham mais consideração por nós!

  62. Carlos Manuel Silva Lobo Reply

    Minha bolsa referente a dezembro não foi debitada.

  63. Larissa Gomes Reply

    Pela responsabilidade para com os compromissos dos pesquisadores.

  64. Luciano Ferreira de Souza Reply

    bolsa capes doutorado, programa letras clássicas da universidade de são paulo (usp) atrasada para o mês de dezembro – pagamento em janeiro.

  65. Caroline Gomes das Neves Reply

    Estou com uma parcela atrasada, sou mestranda Obeduc

  66. Eu quando tive bolsa CAPES, nunca recebi bolsa em janeiro, mas 2 em dezembro. Sempre houve atrasos, mas nunca passou do dia 10 de cada mês pra receber. Por que o protesto? O MEC vai cortar as bolsas?

  67. tatiana martins Reply

    Mestrado academico em enfermagem da UFSC
    Programa de Pos Graduacao em Enfermagem

  68. Perla Villani Reply

    só no nosso país que pessoas tão qualificadas como pesquisadores são tão desmoralizadas como profissionais, CHEGA!

  69. Ana Luiza Dias Abdo Agamme Reply

    Falta de respeito com os pós-graduandos, dou meu apoio total.

  70. Waldilainy de Campos Reply

    Está atrasado uma bolsa. Não recebi a bolsa de
    De novembro ou dezembro. Um pouco caso total.

  71. Waldilainy de Campos Reply

    Fiquei com a bolsa atrasada um mês e um dia. Aos pagaram uma e não pagaram a outra e as dívidas aumentando.

  72. Cícero Silvano Reply

    Olá Srs. Ministro da Educação Cid Gomes (Meu conterrâneo) e Presidente Dilma.
    Deixa pós-graduandos sem bolsa é desonesto e desumano. Alunos de pós-graduação têm compromissos a honrar no final de mês, como todo cidadão brasileiro.

  73. Helen Alves Penha Reply

    Sou pós doc pelo programa PNPD, no Depto de Tecnologia da UNESP Jaboticabal. E quero mais direitos pelo meu trabalho!

  74. Daniel Gonçalves da Fonseca Reply

    Sou aluno de doutorado e minha bolsa CAPES está atrasada.

  75. Pedro Michelutti Cheliz Reply

    Bolsa de mestrado em atraso. Programa de Pós Graduação em Geografia, Instituto de Geociências (UNICAMP). Parcela em atraso, Janeiro

  76. Helena Macedo Reis Reply

    Cadê a prioridade à educação que tanto foi utilizada na campanha?

  77. Flávia Stella Rego Furtado Cutrim Reply

    Programa de Pos graduação (doutorado) em Medicina Tropical da FIOCRUZ/RJ. Bolsa Capes/ Brasil sem miséria.
    Parcela em atraso: 01/2015

  78. Théa M. Machado Reply

    Bolsistas, denunciem vigorosamente os atrasos de pagamento das bolsas e façam uso da mídia para reivindicarem também cobertura de plano saúde e de acidentes de trabalho!

  79. Parabéns pela iniciativa e luta para divulgar no Jornal Nacional da rede Globo o descaso do MEC.
    Os bolsistas agradecem!!
    UFAM/IFAM
    Manaus/AM

  80. Katia A de Godoi e Silva Reply

    Pós-doutoranda da UCDB em Educacao.
    Não recebi nada até agora…

  81. No início de dezembro de 2014, na primeira semana, estava eu aguardando a transferência de recursos para minha conta bancária referente à minha bolsa pelo programa de iniciação à docência, PIBID, financiado pela CAPES, quando, sem explicação, sem aviso ou qualquer justificativa, passaram se dez dias além do prazo estimado e não foi feito o pagamento. No vocabulário mais popular isso é conhecido como “calote”: algo praticado, indiscriminadamente, por estelionatários de toda sorte, picaretas ou demais agentes de má fé no trato de práticas econômicas. E esse é o quadro de usurpação e utilização da coisa pública por uma elite inescrupulosa em detrimento ao que, por força constitucional, deveria pertencer à nação. E se repete agora em janeiro de 2015.
    Se tivéssemos, nesse momento, uma empresa comprometida com transparência ou qualquer necessidade de prestar contas aos seus bolsistas, ao prever possível atraso no depósito dos valores referentes às bolsas, o mais esperado, vindo de uma instituição que, nos dias atuais, ostenta ser o principal órgão de fomento à pesquisa acadêmica no Brasil, seria um aviso, por quaisquer meios, eletrônicos ou não, alertando, explicando e justificando tal atraso. Porém, em uma CAPES corrompida por burocratas que mais se parecem vermes travestidos de funcionários públicos, não existem avisos ou qualquer atenção. Quando essa elite político econômica atua, ela nos revela os mesmos modos de ação de quem vem explorando e escravizando um povo por mais de cinco séculos: toma-se de assalto as riquezas de toda uma nação utilizando-se, para tal, os órgãos públicos. E, nesse momento, o povo que sustenta esses parasitas travestidos de patriotas, se vê apenas como meio, mera ferramenta, usado até o bagaço, sugado, amassado e cuspido, enquanto essa elite fascista e opressora, com altos rendimentos, usurpados da nação, se regozija, com soberba, da riqueza produzida pelo povo, alienado, domesticado e ainda submisso aos inimigos da pátria. Pode-se imaginar que o montante retido, a ser repassado em atraso, pela quantidade de bolsas, em todo Brasil, ultrapasse a casa dos milhares de reais talvez até atingindo a casa dos milhões. Aonde ficou esse dinheiro todo? É quando acontece a apropriação daquilo que é público como se fosse privado. É quando uma instituição do porte da CAPES se torna instrumento de movimentação econômica dos grandes grupos que usurpam dos recursos públicos como se fossem seus próprios.
    Diante de um quadro desses só nos cabe denúncia à opinião pública que nos compete por ato de cidadania. O estado democrático de direito nos requer atuação por consciência política em defesa de um estado minimamente ético onde essa postura exploradora praticada pela elite requer ácidos enfrentamentos e constante denúncia. Como bolsista dessa comprometida CAPES me coloco na obrigação de delatar tais práticas vendo-as pelo lado de dentro, tendo acesso às fontes, diretamente, sem intermediários. O mal cheiro das práticas oligárquicas me chega em alto teor e de forma direta. O que faço aqui, basicamente, é denunciar e delatar os mecanismos que dão suporte às diversas práticas de corrupção no Brasil.

  82. Mariana Gabriele Marcolino Gonçalves Reply

    Isso é uma falta de respeito com os pós-graduandos!

  83. Jessica Pires de Carvalho Reply

    A CAPES informa que o depósito foi feito,mas eu e outros pós graduandos que tenho contato ainda não receberam o pagamento. Isto é uma vergonha

  84. Sou aluno da Universidade Federal de Uberlandia (UFU), e até o momento minha bolsa e de nenhum aluno do meu curso caiu. Acho isso uma falta de respeito com todos os pesquisadores que movem as pesquisas desse país.

  85. Ehideé Isabel Gómez La Rotta Reply

    Aluna de Doutorado em Saúde Coletiva na Unicamp, Bolsista CAPES pelo convenio PEC-PG. Ainda não recebi a Bolsa de Janeiro.

  86. Ehideé Isabel Gómez La Rotta Reply

    Não receber a Bolsa implica atrasos nas coletas de dados, falta de dinheiro para pagamento de despesas, comida, ônibus e aluguel. Todo atraso nos leva a ter que pagar valores absurdos por mora. Sou estrangeira é dependo totalmente da Bolsa, fato similar acontece que a maioria dos bolsistas.

  87. Suzana Catanio dos Santos Nardi Reply

    Mais valorização da educação e da ciência.

Write A Comment