Na última quarta-feira (5/8), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou o relatório do deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR), favorável ao projeto de criação da Unila. Como tramita em caráter conclusivo, a matéria segue diretamente para o Senado e, na sequência, à sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso não haja alterações.

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), na condição de tutora da Unila até que o Congresso Nacional aprove o projeto de lei que autoriza sua criação, viabilizará as contratações. O projeto de lei, de número 2.878/08, prevê a contratação de 250 professores efetivos, 250 professores visitantes e 206 servidores técnicos e administrativos (67 de nível superior e 139 intermediário). As aulas dos cursos de graduação começam em março de 2010.

Colóquio

As primeiras atividades acadêmicas da nova universidade começam no próximo dia 19 de agosto, quando será instituído o Conselho Consultivo do Instituto Mercosul de Estudos Avançados (Imea), no primeiro dia do 1º Colóquio Internacional “Educação para a Integração Latino-Americana”. A criação do Imea foi aprovada na última sexta-feira (7/8) pelo Conselho Universitário da UFPR. Ao lado, foto da Visão aérea do terreno doado por Itaipu onde será construída a sede da Unila.

O conselho será formado por especialistas brasileiros e estrangeiros de excelência em suas áreas de atuação. Será um órgão da Unila dedicado à pesquisa e à pós-graduação que funcionará em rede com as demais universidades da região.

O colóquio acontece até o dia 22 de agosto, no Parque Tecnológico de Itaipu [íntegra da programação abaixo]. A abertura será feita pelo reitor da Universidade Andina Simon Bolívar, com sede no Equador, Enrique Ayala Mora. O reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, participa do evento.

Cátedras

Entre os meses de agosto e dezembro, o Imea irá instalar dez cátedras de estudos latino-americanos. Cada cátedra terá um patrono, que homenageia uma personalidade que teve atividade expressiva na educação e um fundador, geralmente um professor e pesquisador em atividade no continente latino-americano.

A cátedra Ciência, Tecnologia e Inclusão Social, que homenageia o cientista e pesquisador argentino Amílcar Herrera, será a primeira a ser instalada. A fundadora da cátedra é a antropóloga Hebe Vessuri, pesquisadora sênior do Instituto Venezuelano de Investigações Científicas.

A dinâmica das cátedras começará com apresentação do tema pelo fundador, seguida de debates. Nos dias seguintes, esse professor terá encontros com os professores visitantes do Imea para orientar e sugerir áreas de pesquisa.

As cátedras, que têm uma semana de duração e 15 horas de atividades acadêmicas e científicas, serão abertas a estudantes de pós-graduação da região da tríplice fronteira – Brasil, Argentina e Paraguai. Ao final, o pós-graduando receberá certificado de participação que contará créditos em seu curso.


Helgio Trindade, presidente da comissão de implantação da Unila
Conforme Helgio Trindade, coordenador da comissão de implantação da nova universidade, a opção da contratação temporária foi escolhida porque a realização de concurso público só poderá ser feita após a aprovação definitiva do projeto. "Os professores visitantes vão contribuir para o planejamento dos cursos de graduação e pós-graduação de 2010, além de trabalhar em conjunto com as cátedras, se envolvendo no primeiro ciclo de estudos da Unila", explica Trindade.

Há vagas para professor visitante em 22 diferentes áreas de atuação [lista abaixo]. Os candidatos devem ser doutores nas respectivas áreas. Os brasileiros ainda precisam ser aposentados de instituições federais de ensino superior ou de instituições públicas não federais. Os estrangeiros podem ou não estar ativos em suas instituições. A seleção ocorrerá por meio de avaliação curricular e será concluída até o fim de agosto. Os interessados devem enviar seus currículos para o e-mail [email protected].
As 22 diferentes áreas de atuação nas quais há vagas para professor visitante na Unila

História
Geografia
Antropologia
Letras – Intercultural
Letras – Literatura
Letras – Português/Espanhol
Artes
Comunicação
Relações Internacionais
Planejamento e Gestão da Educação
Educação Superior Comparada
Sociologia Rural
Agronomia
Ciência Política
Economia
Biologia
Ecologia
Engenharias Macro e Sistemas
Química
Física
Saúde Coletiva
Matemática


Programação do 1º Colóquio Internacional
Educação para a Integração Latino-Americana

19 de agosto
Quarta-feira

20h00 às 21h30
Palestra magna de abertura do Colóquio

Tema: A Universidade e a integração latino-americana

• Enrique Ayala Mora, reitor da Universidade Andina Simón Bolívar, Sede Equador

20 de agosto
Quinta-Feira

10h00 às 11h30
Sessão Solene de Abertura do Colóquio e de Instalação do Instituto Mercosul de Estudos Avançados (Imea)

Presidência
• Ministro da Educação do Brasil, Fernando Haddad

Ministros de Educação do Mercosul
• Ministro de Educação e Cultura do Paraguai, Luis Alberto Riart Montaner
• Ministro de Educação da Argentina, Juan Carlos Tedesco
• Ministra de Educação e Cultura do Uruguai, Maria Simón

Autoridades convidadas
• Reitor da Universidade Federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho
• Presidente da Comissão de Implantação da Unila, Hélgio Trindade
• Secretária da Seti/PR, Lygia Pupatto
• Secretária de Educação Superior do MEC/Brasil, Maria Paula Dallari
• Presidente da Andifes, Alan Kardek Barbiero
• Diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Miguel Samek
• Diretor-Geral Paraguaio da Itaipu Binacional, Carlos Mateo Bamelli
• Prefeito Municipal de Foz do Iguaçu/PR, Paulo MacDonald Ghisi
• Diretor-Superintendente da Fundação PTI, Juan Carlos Sotuyo
• Parlamentares e autoridades civis

12h00 às 13h00
Inauguração das instalações provisórias da Unila/Imea no Parque Tecnológico Itaipu – PTI

13h00
Almoço

14h30 às 16h30
Painel 1: Conhecimento, poder e mudança social: o papel da universidade na América Latina
Mediador: Zaki Akel Sobrinho, Reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR)
• Michael W. Apple, Professor de Currículo e Ensino e de Estudos sobre Política Educacional, Universidade de Wisconsin-Madison (EUA)
• Jessé José Freire de Souza, Coordenador do Centro de Pesquisas sobre Desigualdade (CEPEDES) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
• Axel Didriksson Takayanagui, secretário de Educação do Governo da Cidade do México, Coordenador Geral da Rede de Macro-universidades Públicas de América Latina e Caribe e ex-diretor do CESU/UNAM (México)

16h30
Intervalo para o café

16h45 às 18h45
Painel 2: A Universidade e os desafios da integração latino-americana
Mediador: Alessandro Candeas, membro da Comissão de Implantação da Unila, chefe da Divisão de Atos Internacionais do Ministério das Relações Exteriores
• José Renato Carvalho, Diretor do Instituto Internacional da Unesco para a Educação Superior na América Latina e Caribe – Iesalc (Venezuela)
• Elio Ivan Rodriguez Chavez, presidente da Assembléia Nacional de Reitores (Peru)
• Gustavo Rodríguez Ostria, Universidade Maior de San Simón e Oficial Superior de Cultura de Cochabamba (Bolívia)

21 de agosto
Sexta-Feira

8h30 às 10h30
Painel 3: A universidade latino-americana diante da globalização e da sociedade do conhecimento
Mediador: Célio Cunha, Membro da Comissão de Implantação da Unila, professor da Universidade de Brasília e ex-Coordenador da Unesco/Brasil
• Susan Robertson, Professora de Sociologia da Educação na Faculdade de Educação da Universidade de Bristol e Coordenadora do Centro para Globalização, Educação e Sociedades (Inglaterra)
• Gabriel Macaya Trejos, ex-Reitor da Universidade da Costa Rica e Membro da Academia Nacional de Ciências
• Luis Eduardo González, Diretor do Programa Política e Gestão Universitária do Centro Inter-universitário de Desenvolvimento (Cinda)

10h30
Intervalo para o café

10h45 às 12h45
Painel 4: O saber acadêmico e a produção e difusão do conhecimento na Era da Informação
Mediador: Paulino Motter, Membro da Comissão de Implantação da Unila, assistente do Diretor-Geral Brasileiro da Itaipu Binacional
• Gustavo E. Fischman, Universidade Estadual do Arizona (EUA)
• Hernán Thomas, Universidade Nacional de Quilmes (Argentina)
• Virgilio Álvarez Aragón, Diretor da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (Flacso), Sede Acadêmica Guatemala

13h00
Almoço

14h30 às 16h30
Painel 5: Universidade Latino-Americana: qualidade acadêmica e relevância social
Mediador: Carlos Roberto Antunes, Membro da Comissão de Implantação da UNILA, professor e ex-Reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR)
• Luis Enrique Orozco, Universidade dos Andes (Colômbia)
• Luis Armando Gandin, Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
• Márcia Rivera, diretora executiva do Instituto Latinoamericano de Educación para el Desarrollo (Ilaedes – Puerto Rico)

16h30
Intervalo para o café

16h45 às 18h45
Painel 6: Universidade Latino-Americana: integração universidade-sociedade
Mediadora: Ingrid Sarti, Membro da Comissão de Implantação da UNILA, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
• Freddy Castillo Castellanos, Reitor da Universidade Nacional Experimental de Yaracuy (Venezuela)
• Gerónimo de Sierra, coordenador da Comissão de Pós-Graduação
• Ronald Glass, Professor da Universidade da Califórnia, Santa Cruz (EUA)

22 de agosto
Sábado

8h30 às 10h30
Painel 7: Universidade e integração: experiências regionais
Mediador: Víctor Chamorro, Reitor da Universidade Nacional del Este (Paraguai)
• Eduardo Francisco José Asueta, Reitor da Universidade Nacional de Entre Rios (Argentina)
• Marcos Costa Lima, Membro da Comissão de Implantação da UNILA, professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e presidente do Fórum do Mercosul (FoMerco)
• Domingo Rivarola, Diretor da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, (FLACSO), Sede Acadêmica Paraguai

10h30
Intervalo para o café

10h45 às 12h30
Conferência de Encerramento
Tema: O papel da educação na integração latino-americana
Mediador: Hélgio Trindade, Presidente da Comissão de Implantação da UNILA, ex-Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Conselheiro da Comissão de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE)
• Luis Yarzábal, presidente da Administração Nacional de Educação Pública e diretor nacional de Educação Pública (Uruguai)

13h00
Almoço de confraternização 

Por Fernando César Oliveira [com informações de Itaipu e do MEC]. Fonte: UFPR

 

Author

Write A Comment