abertura

Foto: Felipe Linhares / Ascom MCTI
Foto: Felipe Linhares / Ascom MCTI

Evento contou com participação da presidenta da ANPG na mesa, homenageados e anúncios dos ministros da Educação e Ciência, Tecnolgia e Inovação

Na noite de ontem (12) foi aberta oficialmente a 67ª Reunião Anual da SBPC, que acontece até sexta-feia (18) na Universidade Federal de São Carlos. A cerimônia contou com a participação de um grande número de dirigentes das áreas de C,T&I e Educação, as entidades estudantis ANPG (Associação Nacional de Pós Graduandos) e UPES (União Paulista dos Estudantes Secundaristas) e os ministros da Educação, Renato Janine e de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo.

Tamara Naiz, presidenta da ANPG, comemorou a participação da entidade mais uma vez, e reiterou o convite aos presentes à participarem do 4º Salão Nacional  de Divulgação Científica, promovido pela entidade durante a 67ª RA da SBPC , cujo tema central é Financiamento da Ciência no Brasil.

“Reconhecemos os avanços nos últimos anos quanto à educação e aos programas de incentivo à pesquisa, porém queremos mais possibilidades. Reafirmamos nossa luta contra os cortes, por mais avanços. E queremos respostas com uma agenda de investimentos no setor, já que a Ciência é o principal meio para gerar riqueza e dignidade à população brasileira”, afirmou a presidenta no púlpito.

Durante o evento, Rogério Marzola, coordenador geral da Fasubra Sindical (Federação de Trabalhadores das Universidades Brasileiras), falou sobre os direitos trabalhistas nas universidade e houve intervenção contra os cortes, da ANPG e do Cômite São Carlense em defesa da Educação, entregando carta ao Ministro da Educação, pela valorização da pesquisa e do pesquisador.

Janine, em sua fala, anunciou dois editais de pesquisa voltados para a produção de biografias e sobre as “revoltas populares”, pois elas são capazes de jogar “luz” ao poder combativo brasileiro.

Já Aldo Rebelo anunciou que o Ministério está buscando soluções para recompor o orçamento voltado à pesquisa e inovação. “Temos o papel de liderar o movimento nacional pela valorização do setor de Ciência e Tecnologia. Devemos recompor os recursos com os fundos vindos do petróleo e incluir obras de ciência e tecnologia no Programação de Aceleração do Crescimento , entre outras ações”, anunciou.

Homenageados
Durante a cerimônia, várias homenagens foram realizadas a figuras marcantes para a Ciência brasileira. O primeiro homenageado foi Luiz Hildebrando Pereira da Silva, um dos mais respeitados especialistas em doenças tropicais do mundo que faleceu em setembro do ano passado. Outro homenageado foi Leopoldo de Meis, pesquisador que, além de contribuições importantes na sua área principal de atuação, a Bioquímica, também foi referência nas áreas de Sociologia da Ciência, Educação Científica e Cienciometria. De Meis também faleceu no final de 2014. Por fim, a Reunião Anual de 2015 também homenageou o professor, pesquisador e historiador Mário Tolentino, um dos maiores educadores de São Carlos, inicialmente na Educação Básica e, depois, na UFSCar.

Por Sara Puerta, de São Carlos

Author

Write A Comment