No dia 13 de agosto estudantes e trabalhadores de mais de 205 cidades realizaram atos por todo Brasil contra os cortes na educação, nas bolsas de estudos CAPES e CNPq e a ameaça da privatização das universidades e institutos federais. Essa foi a retomada do Tsunami da educação e das lutas do mês de maio que tomaram conta de todo o Brasil. Voltamos e foi apenas o começo.

O governo Bolsonaro ataca cotidianamente de forma absurda a democracia e a nossa soberania nacional. As declarações sobre Fernando Cruz, estudante assassinado pela ditadura militar causou indignação a todos que defendem as liberdades democráticas. Recentemente as declarações acerca das do projeto de venda da amazônia e a demissão do presidente do INPE são alguns dos fatos que mostram as intenções obscuras do governo com o nosso patrimônio natural. Não vamos naturalizar o absurdo!

No próximo dia 7 de Setembro a UNE, UBES, ANPG e entidades educacionais e os movimentos sociais convocam os estudantes e toda sociedade para um novo grande ato em defesa da educação, da democracia, do emprego, da aposentadoria e do meio ambiente e contra todo o desmonte do causado pelo governo Bolsonaro.

No dia que comemoramos a independência do Brasil, também será um dia de resistência e de luta pelo Brasil e pelos brasileiros!

Escreva um Comentário