O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz – CEBRAPAZ realiza nos dias 17 e 18 de junho, em São Paulo, a Conferência Internacional A Integração Latino Americano: a importância da cultura da paz num mundo militarizado. O objetivo é discutir o tema sob o olhar da política internacional com representantes de países latinos, árabes e asiáticos, que debaterão as ações desenvolvidas em prol de uma cultura da paz.

 
“O fortalecimento da conquista pela paz através do respeito à soberania das nações, autodeterminação dos povos, princípio de igualdade e a abertura do diálogo para diminuição dos conflitos são questões fundamentais para a conquista da paz e seu fortalecimento”, afirma Socorro Gomes, presidente nacional do Cebrapaz.
 
O evento abordará temas como o fortalecimento da cultura da PAZ e em um mundo militarizado, ameaças à Paz no Atlântico Sul – 4ª Frota e Organização do Tratado do Atlântico do Norte – OTAN, investidas do Imperialismo na América Latina e a Luta dos Povos em Defesa da Soberania e Paz. Para o Cebrapaz, é necessário o combate de ações que promovem a prática guerreira, como as desenvolvidas pela OTAN, bases militares, marinha de guerra dos Estados Unidos e tropas ocupantes em países estrangeiros.
 
Estão confirmadas as presenças de representantes da Argentina, Colômbia, Cuba, Honduras, Palestina, Peru, Porto Rico, Venezuela e Vietnã, além de especialistas brasileiros.
 
Por uma cultura de Paz
 
A Cultura da Paz se baseia em um conjunto de ações que envolvem valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilo de vida que promovem o respeito à vida e à diversidade cultural, o fim da violência; enaltecem os direitos humanos, a solidariedade, a justiça, a liberdade, a igualdade e a democracia; que protegem o meio-ambiente, para que se dissemine a paz entre todos os povos e nações.
 
Esta definição foi divulgada pela ONU – Organização das Nações Unidas, em 1999, na Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz, na qual vários países aderiram. Esses países comprometeram-se a divulgar e difundir a declaração para uma efetiva concretização destes conceitos.
 
A ANPG se solidariza com a luta do Cebrapaz e convoca os pós-graduandos a participarem da Conferência e a apoiarem as ações em prol de uma cultura de paz.
 
Serviço:
Para maiores informações e inscrições:
[email protected] ou pelo telefone (11) 3223-3469.
 
Programação da Conferência:
 
17/06 – Sexta-feira
 
19h – Mesa de Abertura – Fortalecer a cultura da paz em um mundo militarizado
Palestrantes:
Socorro Gomes – Cebrapaz
Carlos Rafael Zamora Rodriguez – Embaixador de Cuba
Maximilien Arvelaiz – Embaixador da Venezuela
Duong Nguyen Tuong – Embaixador do Vietnã
Mediador: Denis Veiga Jr
 
18/06 – Sábado
 
9h – Mesa 1 – Ameaças à Paz no Atlântico Sul-4ª. Frota e OTAN
Palestrantes:
Rina Bertaccini – Argentina
Guillermo Borneu – Peru
Prof. Igor Fuser – Brasil
Mediador: Rubens Diniz
 
11h30 – Mesa 2 – Atual política dos EUA para América Latina e Caribe
Palestrantes:
Enrique Daza – Colômbia
Bertha Oliva – Honduras
Guillermo De La Paz Velez – Porto Rico
Ricardo Abreu – Brasil
Mediador: Ronaldo Carmona
 
15h – Mesa 3 – Luta dos povos contra as agressões
Palestrantes:
José Ramón – Cuba
J.K. Suleiman Rashid – Palestina
Majd Al Shara – Síria
José Reinaldo Carvalho – Brasil
Mediador: Alexandre Braga
 
18h – Coquetel de encerramento
 

 

Author

Write A Comment