Entre 1948 e 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a homossexualidade como um transtorno mental. Em 17 de maio de 1990, a assembléia geral da OMS aprovou a retirada do código 302.0 (Homossexualidade) da Classificação Internacional de Doenças, declarando que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”. A nova classificação entrou em vigor entre os países-membro das Nações Unidas em 1993. Com isso, marcou-se o fim de um ciclo de 2000 anos em que a cultura judaico-cristã encarou a homossexualidade, primeiro como pecado, depois como crime e, por último, como doença.

Para comemorar a data e reivindicar a aprovação do PL 122/2006,que torna crime o preconceito contra homossexuais, a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) organizará a 1ª Marcha Nacional contra Homofobia e 1º Grito pela Cidadania LGBT, na Esplanada do Ministérios, em Brasília, na quarta-feira,19.(Concentração a partir das 9h, na Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília.)

 

Atividades

Também fazem parte das atividades: o seminário “UnB fora do armário”, que acontecerá nesta segunda e terça-feira (17 e 18/05), organizado pela juventude da ABGLT, em parceria com os movimentos estudantil e juvenil, na Universidade de Brasília;  o 7º Seminário de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais no Congresso Nacional, que tem o tema: “Direitos Humanos de LGBT: Cenários e Perspectivas” ,que será realizado no Auditório Nereu Ramos na Câmara dos Deputados, na terça-feira (18).O Seminário é promovido pelas Comissões de Legislação Participativa, Direitos Humanos e Minorias, e Educação e Cultura, da Câmara dos Deputados, em parceria com a ABGLT. Mais informações aqui.

 

Materiais

Manifesto da 1ª Marcha Nacional contra Homofobia e o 1º Grito pela Cidadania LGBT assinado por várias entidades

 Manifesto da UNE para a 1ª Marcha Nacional contra Homofobia e o 1º Grito pela Cidadania LGBT

 

Da redação com informações da ABGLT.

 

 

 

 

 

Author

Write A Comment