Otimismo. Essa era o clima que animava a todos que prestigiavam a posse da gestão Um Passo à Frente, na Associação de Pós-Graduandos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no último dia 10 de junho, na Sala de Professores da Faculdade de Direito da UFRGS, no centro da cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul.

Otimismo porque, depois de mais de 4 anos, os estudantes de pós-graduação da UFRGS voltavam a ter representação efetiva frente à sua universidade e aos conselhos representativos desta. Clima este compartilhado tanto pelos representantes institucionais da universidade, quanto pelos representantes dos movimentos sociais que compareceram à posse. Otimismo partilhado também pelos membros da nova gestão: Gabriele Gottlieb, Daniel Vallerius, Maurício Scherer, Rafael Lameira, Aline Bettio, Roberto Antunes, Eduardo Riffel, Cássio Moreira e Cristiano Junta. 

Retomada do movimento

A posse da nova gestão é um marco para a retomada da APG da UFRGS, depois de mais de 4 anos desativada. Trata-se da culminância do difícil trabalho realizado, desde o início do ano, pelos Pós-Graduandos do Movimento um Passo à Frente, que tiveram participação ativa no processo de construção do XXII Congresso da ANPG, na construção da Caravana da entidade nacional no Rio Grande do Sul e na IV Conferência Nacional de Ciência,Tecnologia e Inovação. Mas também, é apenas o começo do trabalho de reestruturação e consolidação da entidade. Como compromisso assumido pela nova gestão, justamente a consolidação da APG, a implantação do Conselho de Representantes, composto por Representantes Discentes dos programas de pós-graduação da universidade e a ocupação dos espaços institucionais na defesa dos direitos dos pós-graduandos. Além disso, a atuação com laços estreitos junto a entidade nacional de representação dos pós-graduandos, a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), fez parte dos compromissos assumidos pela nova Presidente da APG, Gabriele Gottlieb, que também assume como Vice-Presidente Sul da ANPG.  

Reconhecimento Institucional

Prestigiando a posse, os representantes da universidade e dos movimentos sociais presentes, manifestaram sua satisfação com a reconstrução da APG da UFRG, consolidada no ato de posse. O Prof. João Mello, chefe de Gabinete do Reitor, destacou a importância da retomada da entidade na luta política para qualificação da pós-graduação no Brasil, em geral, e na universidade em específico. Lia Teresinha Silva, Vice Pró-Reitora de Pós-Graduação salientou o significado institucional dos estudantes de pós-graduação retomarem seus espaços nos conselhos superiores da instituição. Já as entidades representativas dos segmentos da Universidade, Prof. Cláudio Scherer, Presidente da ADUFRGS, José Rochemback, Coordenador Geral da ASSUFRGS, e Eriane Pacheco Vice-Presidente Sul da UNE, apontaram a centralidade da retomada dessa importante entidade na luta por uma Universidade pública, gratuita e de qualidade, baseada no tripé ensino, pesquisa e extensão.

Por todos foram lembrados os avanços dos últimos  oito anos no ensino superior no Brasil, as conquistas da Universidade Pública e a necessidade de luta para que o tempo da estagnação e privatização não retorne, nas asas do projeto neoliberal.

E nessa luta, a APG da UFRGS passa a se somar.

Para saber mais acesse: www.umpassoafrentenaufrgs.blogspot.com/

 

de Porto Alegre, Rafael Lameira, diretor da APG UFRGS.

Author

Write A Comment