A Associação Nacional de Pós Graduandos (ANPG)  manifesta-se contrário a qualquer tentativa de extinção ou privatização da Fundação Zoobotânica do Estado do Rio Grande do Sul (FZB/RS). Tal fundação possuí extrema importância na  pesquisa técnico-científica relacionados à manutenção e aprimoramento das coleções que tratam dos patrimônios biológicos e paleontológicos, bem como na permanência junto ao Jardim Botânico e ao Jardim Zoológico, como peças fundamentais para a educação e a conservação da biodiversidade do Estado. É importante lembrar que a Fundação desenvolve projetos científicos em colaboração com as  Universidades do Estado do Rio Grande do Sul, sendo parceira na formação de recursos humanos em nível de graduação e pós-graduação.
Da mesma forma, defendemos a Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (FEPPS), que também está ameçada pela atual política do Governo do Estado do RS. A FEPPS executa serviços essenciais de saúde pública, atividades fins da Secretaria Estadual da Saúde. Possui em sua estrutura o Laboratório Central do Estado (Lacen) e 16 laboratórios regionais, seis hemocentros, Clínica de Hemofilia, Centro de Informações Toxicológicas (CIT) e o Centro Avançado de Diagnóstico em Saúde. Igualmente à FZB/RS, é parceira das Universidades na formação de recursos humanos em nível de graduação e pós-graduação.
Os pós-graduandos do RS não devem aceitar a extinção das fundações de pesquisa públicas. A ANPG solidariza-se com a causa, apoia todos os grupos e coletivos que se colocam em luta pela manutanção das Fundações e orienta todos pós graduandos à somarem-se às lutas.

Write A Comment