Programa de expansão das universidades tem regulamento específico para pesquisadores.

O Ministério da Educação (MEC) publicou, nesta segunda-feira (18/1), portaria que regulamento a concessão de bolsas de pós-doutorado no âmbito do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

 

A norma resolve que as bolsas serão concedidas pela Capes e distribuídas segundo o Acordo de Metas firmado entre o Ministério da Educação e cada universidade federal.

 

Os candidatos à Bolsa Reuni, como foi denominado o auxílio aos pesquisadores, devem ter doutorado há pelo menos cinco anos. Caso possuam vínculos empregatícios, precisam obter licença pelo período da bolsa e se candidatar a pesquisar em uma outra instituição, localizada a pelo menos 150 quilômetros de distância de onde esteja vinculado.

 

Os bolsistas Reuni deverão desenvolver atividades voltadas para a melhoria e inovação do ensino de graduação. A bolsa segue a tabela da Capes e será concedida por período máximo de um ano, sendo possível renová-la por igual espaço de tempo.

 

O Reuni foi criado em 2007 pelo governo federal com o objetivo de expandir o número de vagas nas universidades brasileiras. Ele prevê investimentos de R$ 2 bilhões até 2011

 

Fonte: jornal da ciência

Author

Write A Comment