Um pré-projeto de mestrado é imprescindível para que você passe pela seleção e consiga entrar no mestrado. É tão importante que pode ser o elemento decisivo para você conseguir ou não ser aprovado.

Dessa forma, é importante que o seu pré-projeto de mestrado esteja dentro do esperado pelos avaliadores e também. É necessário que ele esteja impecável e não dê margem para críticas incisivas devido à falta de algum elemento ou falta de clareza em algum tópico.

Apesar de não haver uma única forma de se fazer um pré projeto, alguns elementos devem necessariamente estar presentes no seu trabalho. São eles: descrição objetiva do tópico da pesquisa;  justificativa da relevância do tópico de pesquisa, explicação dos objetivos da pesquisa assim como de perguntas ou hipóteses de pesquisa que serão investigados, discussão teórica que mostre familiaridade com pesquisas e análises anteriores, explicitação da metodologia de pesquisa a ser adotada (incluindo a forma de escolher ou de organizar o corpus e o tipo de análise a ser feita), cronograma de atividade a serem desenvolvidas no período previsto para a pesquisa, e por fim, uma bibliografia de referências citadas no próprio projeto e também bibliografia a ser usada posteriormente.

Elementos essenciais para o projeto.

  • Título: o título deve chamar atenção mas também deixar claro o assunto da pesquisa. O título pode conter informação sobre a metodologia aplicada, sobre o quadro teórico empregado, sobre a natureza do corpus ou até mesmo sobre os resultados alcançados.
  • Introdução: deve conter uma breve apresentação do tema para que ele não fique sem contexto. Você deve explicar como chegou a esse tema e porque ele merece ser estudado. A problemática da pesquisa deve ser apresentada e também situada no universo de outras pesquisas anteriores feitas sobre os assuntos relacionados. A função básica da Introdução é dar ao leitor uma idéia geral da pesquisa que vai ser explicitada nos itens seguintes. A Introdução pode inclusive terminar com uma breve menção aos itens seguintes do projeto.
  • Justificativa: é o momento de responder às perguntas: por que esse tema é importante? Como essa pesquisa contribui na sua área e na sua formação? Quais devem ser o resultados esperados para a pesquisa? Se possível mostre qual será o impacto da sua pesquisa e mesmo dados e estatísticas para provar a relevância do tema. Não esqueça de colocar as fontes consultadas para dar mais autoridade aos dados coletados.
  • Objetivos: O que a pesquisa visa mostrar, verificar ou esclarecer? Onde se pretende chegar com a pesquisa? Quais devem ser os produtos da pesquisa? Para tanto defina um objetivo principal, o grande alvo da sua investigação, e depois, os objetivos específicos que são etapas a serem cumpridas para se realizar o objetivo principal.
  • Perguntas de Pesquisa: Quais perguntas direcionam minha pesquisa? Quais perguntas meu trabalho propõe responder? Em alguns tipos de pesquisas, ainda se pode falar em “hipóteses”, que são afirmações que devem ser investigadas. Outras pesquisas são mais exploratórias, sem hipóteses formuladas previamente. De qualquer maneira, a pesquisa deve ser sempre orientada por algumas perguntas centrais.
  • Pressupostos Teóricos: momento para apresentar suposições que serão validadas ou desconsideradas ao longo da investigação. Neste item devem ser apresentados conceitos, conhecimentos e informações que auxiliem a compreensão do objeto de estudo. Deve incluir, por exemplo, uma síntese das idéias relevantes dos autores já lidos. É importante demonstrar que você já leu a respeito de seu tema, que é capaz de organizar o pensamento dos outros, e de citar corretamente os autores. Normalmente essa parte inclui suas reflexões sobre textos lidos em disciplinas cursadas que sejam relevantes para seu trabalho. Busque referências em bibliotecas, na Internet, e consulte pessoas (colegas, professores, profissionais) envolvidas na área de seu tema.

  • Metodologia de Pesquisa: toda pesquisa depende do apoio de procedimentos sistemáticos de levantamento de dados, análise e avaliação. Porém os métodos empregados podem variar dependendo da temática da pesquisa e do seu embasamento teórico. Tais procedimentos e critérios de avaliação devem ser explicitados, citando as fontes que apóiam sua metodologia, se possível. Dependendo do tipo de pesquisa, caso envolva coleta de dados, pode ser importante explicitar o seu contexto: onde o estudo vai acontecer? (Por exemplo, descreva o tipo de escola, seus alunos, localização etc.) Quais os participantes (colaboradores, sujeitos, informantes)? Quem vai estar envolvido, e qual é o perfil e o papel de cada um? Descreva o número e as características dos participantes (idade, sexo, classe social, outros detalhes relevantes). Coleta: como os dados serão coletados? Por meio de que instrumento(s): Entrevistas? Questionários?
  • Cronograma: geralmente é apresentado em gráfico ou em tabela e servirá como guia para o seu trabalho. Ele deve detalhar como você planeja o desenvolvimento da sua pesquisa e como a distribui dentro de seu prazo para a realização do mestrado. O plano de trabalho pode ser semestral ou mensal. É de grande valia usar no cronograma os mesmos termos empregados para designar as “fases” ou “tarefas” da sua pesquisa; como: “levantamento bibliográfico”, “formação do corpus”, “fase de entrevistas”, “redação da tese”, etc.)
  • Bibliografia: seguindo as normas da ABNT deve ser apresentada as referências utilizadas para a confecção de projeto, ou seja, todos os textos/livros que você já leu para a escolha do tema/objeto de pesquisa. Também devem ser incluídas referências que serão estudadas posteriormente.

Além de todos esses itens, há faculdades que já possuem um modelo de pré projeto. Por isso busque se informar sobre isso a fim de estar dentro dos padrões esperados pela instituição.

Write A Comment