Projetos destinados à transferência de tecnologias inovadoras para solução de problemas socioambientais na Bahia podem obter recursos não-reembolsáveis na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb)

O edital "Apoio a Tecnologias para Desenvolvimento Social" disponibilizará R$ 4 milhões para propostas de pesquisadores vinculados a instituições baianas de ciência e tecnologia, públicas ou privadas. As inscrições das propostas prosseguem até 8 de outubro. O acesso ao edital completo e o preenchimento do formulário de inscrição devem ser feitos através do site www.fapesb.ba.gov.br

 

O objetivo dos projetos deverá ser implantar soluções inovadoras em prol do desenvolvimento sustentável e solidário. "A inovação tem por princípio criar soluções que resultem em novos processos, produtos e serviços ou em aperfeiçoamento para melhoria de qualidade e produtividade. Essas tecnologias só se tornam inovadoras se tiverem como conseqüência o impacto positivo na vida social e na economia", explica o diretor de Inovação da Fapesb, Elias Ramos.

 

Os projetos deverão ter o valor máximo de R$ 200 mil e poderão se referir às mais diversas áreas do conhecimento e linhas de pesquisa, contanto que as soluções tecnológicas tenham potencial para reaplicação, geração de trabalho/renda, estímulo ao associativismo, preservação de valores culturais e transformação social e ambiental.

 

O edital considera como temas prioritários: agroecologia e segurança alimentar; energias renováveis; recursos hídricos; agroextrativismo; cidades sustentáveis; lixo tecnológico; segurança pública.

 

Fonte: Jornal da Ciência

Author

Write A Comment